Palmeira dos Índios - AL
Carregando...

NO AR

09:00 - 11:00

Eli Correia

Programa que Saudade

Aquecimento dos oceanos ameaça biodiversidade marinha em Alagoas

Publicado por: Redação
12/06/2024

Em meio às águas azuis e serenas do litoral alagoano, se esconde uma ameaça silenciosa: o aumento da temperatura nos oceanos que, impulsionado pelo aquecimento global, está provocando mudanças alarmantes. As águas estão aquecendo, e a vida marinha pagando o preço. Nesta reportagem especial, mergulhamos nesse tema para entender os impactos do aquecimento do mar e como ele ameaça o equilíbrio do ecossistema marinho.

Pesquisas apontam que, nos últimos 50 anos, o oceano absorveu cerca de 90% do calor atmosférico devido ao aumento das concentrações de gases com efeito de estufa. Como consequência, aqueceu 0,11 °C a cada década.

No caso de Alagoas, onde as médias climatológicas de temperatura do oceano variam entre 25,5ªC e 28,1 °C, dependendo do mês ao longo do ano, já é possível observar tendências de elevação nos últimos anos com temperaturas acima da média. Dados obtidos dentro do programa NOAA Coral Reef Watch (CRW) indicam que, desde de 2022, há uma tendência de aumento significativo da temperatura com valores acima de 29 °C e, mais recentemente, entre março e abril de 2024, observou-se temperaturas acima dos 30 °C.

Para o professor Geórgenes Cavalcante, do Instituto de Ciências Atmosféricas da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), o mais preocupante desses dados é que as altas temperaturas permaneceram durante vários dias ao longo dos últimos dois meses, o que pode estar trazendo consequências graves para os ecossistemas marinhos do estado de Alagoas, principalmente os recifes de corais.

“O aumento da temperatura dos oceanos tem impactos significativos sobre a vida marinha, afetando diferentes espécies de maneiras variadas. Dentre elas, os corais, são particularmente sensíveis podendo esta causar o seu branqueamento, um fenômeno no qual os corais expulsam as algas simbiontes que lhes dão cor e nutrientes. Isso enfraquece os corais e pode levar à morte em larga escala e perda total de recifes de coral. Isto acontece quando o coral é sujeito à temperaturas elevadas normalmente acima de 29 °C durante vários dias”, comentou Cavalcante.

Por Vanessa Lima, com GazetaWeb

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Palmeira dos Índios

(82) 4101-9292 (WhatsApp escritório)
(82) 4141-9292 (ligação)
(82) 99605-9496 (WhatsApp estúdio)

novafm925@gmail.com

Endereço

Rua José Pinto de Barros n. 26
Centro-Palmeira dis Índios/AL
2024 Nova FM 92.5 Todos os direitos reservados
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram